DVD: Diário, crime e cabelos

Filme novo ou antigo. No cinema ou em casa. No Holy Junk tem de tudo.

Abaixo, estreando a seção “DVDs”, dois textículos (hm..nem tanto) sobre os filmes vistos no fim de semana.

notebook_ver2Diário de Uma Paixão. Assistir a este filme foi quase uma obrigação social. Afinal, de tanto as pessoas falarem bem dele, eu já estava me sentindo mal por ainda não tê-lo visto.

Bom, agora que o assisti posso dar minha opinião. E os marmanjos que gostam do filme que me perdoem, mas Diário de Uma Paixão (The Notebook, 2004) é um filme para garotas sensíveis e ponto.

Sem contar que fazia tempo que não via tantos clichês em um só filme.

Juro, achei que cineastas já tinham desistido de adaptar histórias sobre meninas ricas da cidade que se apaixonam por meninos pobres do campo. Pior ainda: achei que o público não comprasse mais essa. Engano meu, já que não só aqui, mas também nos EUA, o romance virou uma febre – ou melhor, uma holy junk.

Muito do entusiasmo se deve ao simpático casal de protagonistas. Ryan Gosling está ótimo como o “caipira sem futuro”, mas com sorriso charmoso e travesso; e Rachel McAdams abusa da inocência e rebeldia inerente à jovialidade da sua personagem.

Agora, seria insensível de minha parte dizer que o filme não é bonito e emocionante. Ele é, sim. Mas também é pretensioso e previsível. É um filme que quer fazer você chorar a qualquer custo. E para isso, o diretor Nick Cassavetes joga sujo (Cena de beijo. Chuva forte. Música emocionante aumenta. Platéia feminina suspira. Lágrimas. Sucesso!).

Sem contar na falta de personalidade dos elementos técnicos, como trilha sonora e figurino. A cena do primeiro almoço com a família da moça, por exemplo, em que todos estão de branco, menos o desfavorecido rapaz, que veste preto, é um insulto ao bom senso. É como se o diretor nos pegasse pela mão, feito crianças, e falasse ao nosso ouvido: “olha, o mocinho ali está de preto porque ele é pobre e não se encaixa na realidade burguesa, essa sim, de um branco estonteante.” Ah, faça-me o favor.

Resumo da ópera, Diário de Uma Paixão é um bom passatempo para a mulherada e para os casais apaixonados, que devem suspirar e chorar à beça. Mas nem por isso, deixa de ser, em minha opinião, um romance comum, pretensioso e previsível (salvo a química entre os protagonistas).

Eu sou mais um romance original, surpreendente, cruel, emocionante e que não subestime a inteligência do espectador, como o excepcional Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças.

Este, sim, é um filme de macho, que mostra como o verdadeiro amor sobrevive não só ao tempo, mas às imprevisibilidades e inconstâncias da vida. Foda.

Nota: 6,0

primal_fearAs Duas Faces de Um Crime. Não consigo gostar de filmes de tribunal. São raríssimos os momentos em que me divirto com produções do gênero. Quando um casal de amigos alugou e me convidou para ver este As Duas Faces de Um Crime (Primal Fear, 1996) eu torci o nariz. Felizmente, à toa.

A trama gira em torno do assassinato de um famoso arcebispo. Richard Gere é o advogado de defesa do principal suspeito do crime, interpretado brilhantemente por Edward Norton. Laura Linney atua do outro lado do tribunal, defendendo o falecido.

Como todo longa com tema jurídico, este aqui também tem momentos entediantes. Mas o diretor Gregory Hoblit (Alta Frequência, A Guerra de Hart) fez um bom trabalho, desenvolvendo com competência a trama e entregando ótimas atuações do trio protagonista.

Uma ótima pedida, enfim. Um filme que merece um lugar melhor do que na poeira da sua locadora.

Nota: 7,5

you_dont_mess_with_the_zohan_ver2Zohan – O Agente Bom de Corte. Tudo o que você precisa saber é que o filme é tão ruim, mas tão ruim, que, na realidade, você não precisa saber nada sobre ele – nem os fatores que o tornam tão ruim.

Apenas saia correndo da locadora se algum atendente o recomendar este lixo. É sério. Corra o mais rápido e o mais longe que conseguir!

Nota: 1,0

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s