DVD: Sanguinários, puladores e forçados

Extermínio 2Extermínio 2 (2007). Já falei que gosto muito de filmes de zumbi, né? Fala sério, não há nada mais divertido do que àquela galera semimorta correndo pra lá e pra cá, contaminando todo mundo. E Extermínio (2002) é, pra mim, o melhor filme do gênero (seguido pela comédia Todo Mundo Quase Morto). Naturalmente, quando sua continuação foi anunciada, fiquei com sangue nos olhos. Mas até que o filme não é de todo pessimamente muito ruim. A história original é preservada e bem continuada. Ao final, o nível de diversão é bem satisfatório, mesmo com um roteiro cheio de furos. Nota: 7,5

JumperJumper (2008). Tá aqui o exemplo de um filme que tinha tudo pra ser ferrado, mas saiu meia boca. Um garoto descobre ter o poder do teletransporte e o usa exclusivamente a seu favor: rouba bancos, vagueia pelo mundo e nem pensa em dar uma de herói. Até que descobre a existência de um grupo que caça e mata pessoas iguais a ele. A premissa bacana acaba ficando em segundo plano por causa de um namorico bem insosso. Mesmo assim, as (poucas) cenas de ação compensam. Nota: 7,0

Podecrer!Podecrer! (2007). Não dá pra curtir um filme que tem o Lulu Santos como padre. Sério, eu tentei, mas não consegui engolir um roteiro repleto de personagens caricatos e com diálogos e situações pouco naturais (quem, com 17 anos e sem o menor esforço, ganha uma bolsa para estudar cinema em Paris?). O melhor dessa produção brasileira são as cenas feitas com câmeras Super-8. O resto é vazio e desinteressante. Nota: 5,0

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s