Resenha: Star Trek

star_trekAinda preciso pensar um pouco sobre o porquê que as pessoas estão gostando tanto de Star Trek. O filme foi minha primeira aventura a bordo da Enterprise (até então, nunca tinha visto nada sobre a série) e a experiência foi boa, mas não espetacular como muitos estão dizendo por aí.

Se eu fosse um crítico competente e que se leva a sério (pra começar, quem disse que sou um crítico?), seria minha obrigação avaliar a qualidade do filme por seus aspectos técnicos e narrativos. E, neste sentido, ele é muito bem-sucedido: os efeitos visuais são incríveis, as cenas de ação são tensas, o roteiro é bem humorado e tudo flui de forma bastante espacial (não encontrei um adjetivo melhor, desculpe-me).

Mas, repito, como não sou crítico e sim espectador como você, acabei me apegando não aos elementos que podem tornar Star Trek um grande filme, mas sim às coisas que sempre me fizeram torcer o nariz à série. Juro que tentei, mas não consigo comprar aquela história de “o planeta XYZ está sendo atacado” ou “jatos interestelares a todo vapor”. Sério, não consigo. Pra mim é tudo muito desinteressante. Diferente, por exemplo, de um Senhor dos Anéis ou Harry Potter da vida, que são universos ficcionais que me fascinam, me despertam curiosidade e atenção. Em Star Trek (e Star Wars), é tudo muito nerd e cafona pra minha cabeça.

De qualquer forma, o diretor J.J. Abrams conseguiu deixar a coisa mais acessível e maleável, tudo para conquistar novos fãs e preparar terreno para as continuações. Um trabalho muito competente, sem dúvida, mas que pouco consegue fazer sobre um universo com figuras e elementos enfadonhos. No campo das atuações, Chris Pine e Zachary Quinto estão muito bem como Kirk e Spock, já Eric Bana não poderia estar mais caricato como o vilão Nero (o que é ótimo).

Para concluir, o novo Star Trek é uma aventura de primeira, com boa história e cenas eletrizantes e bem orquestradas. Se eu conseguisse tolerar toda a bobeira trekkeana, certamente teria curtido mais. Mas naves e planetas explodindo,  certamente não são pra mim.

Nota: 7,5

Agora confira o hilário vídeo que comprova que, em essência, Star Trek e Star Wars contam a mesma história.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Anúncios

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s