DreamWorks

Resenha: Como Treinar Seu Dragão

Aleluia! Finalmente a DreamWorks fez um filmaço. Aliás, arrisco dizer que é a melhor animação do estúdio (o que não é lá muito difícil quando se tem Madagascar, Bee Movie, O Espanta Tubarões e Shrek 3 no currículo).

Agora, me admira o fato de Como Treinar Seu Dragão ser extremamente comum e previsível. O típico filme que você sabe como vai começar e terminar. Mas isso pouco importa, porque ele é delicioso; uma aventura eletrizante com personagens muito carismáticos.

A história lembra muito a estrutura de um game RPG e o tempo todo fiquei pensando que o filme poderia dar um belo e viciante jogo (essa coisa dos garotos treinando, dos diferente tipos de dragões etc).

As sequências de voo, do garoto pilotando seu dragão, são vertiginosas. Os planos são tão bem orquestrados que, vistos com óculos 3D (e no IMAX!), nos fazem sentir como numa montanha-russa. Deu até um medinho de altura. Sério!

Ah, e o dragão Banguela é uma belezura. Sua movimentação e comportamento são uma mistura entre gato e cachorro. Ou seja, você vai sair do cinema querendo um.

Fiquei impressionado também com a sequência final, que é nada menos que épica, grandiosa, barulhenta… enfim, de tirar o fôlego. Do jeitinho que um bom clímax deve ser.

Nota: 9,0

How To Train Your Dragon – Trailer

A DreamWorks não me engana. Gosto dos dois primeiros Shrek e de Kung Fu Panda. O resto vai do medíocre a uma bosta: O Espanta Tubarões, Madagascar, Bee Movie

Por isso mesmo, não estou com a mínima esperança de que How To Train Your Dragon será bom.

O trailer é bacana, mas não empolga. Dá uma olhada:

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

How To Train Your Dragon estreia no Brasil em 26 de março de 2010, mesmo dia que nos EUA.