Globo de Ouro

DVD: Matadores, fogo na bomba e paixão

in_brugesNa Mira do Chefe (2008). Apesar do título chumbrega em português, o filme é uma das boas surpresas produzidas no ano que passou. Colin Farrell ganhou seu merecido Globo de Ouro pelo papel do assassino em crise de identidade. São dele as melhores falas de um roteiro bastante supimpa. A perseguição final é curta e, apesar de lembrar Os Infiltrados, surpreende. Nota: 8,5

 

pineapple_expressSegurando as Pontas (2008). Seth Rogen é um maconheiro que compra maconha de outro maconheiro (James Franco, excelente) e que vê o chefe dos maconheiros assassinar um japa da máfia maconheira. Vish, fiquei noiado só de escrever essa frase. Então, a comédia é o típico “filme-de-uma-piada-só”, mas diverte, tem boas cenas de ação, não é ilegal e não prejudica os neurônios. Consuma sem medo. Nota: 7,5

 

romanceRomance (2008). Muito curiosa essa produção brasileira. Wagner Moura (sempre bom) e Letícia Sabatella (fraquinha) são atores de teatro em cartaz com uma adaptação do clássico Tristão e Isolda. Ele, artista conservador. Ela, gosta da fama. A partir desse relacionamento o filme se desenvolve, conduzido com competência por Guel Arraes (O Auto Da Compadecida). Lá pro final ele fica meio chatinho, mas no geral é uma boa pedida para casais que adoram um… romance (tchanan). Nota: 7,0

Pelota de Ouro

Por muitas razões, as pessoas odeiam premiações do cinema. Por tantas outras, eu adoro. 

Sério. Pra mim é como final de Copa do Mundo: eu xingo, vibro, torço por um, amaldiçoo outro. 

Ontem, na 66ª edição do Globo de Ouro, não foi diferente (e hoje estou morrendo de sono).

Fiquei feliz pra caralho que a Kate Winslet (oh my darlin´, oh my darlin´, oh my darlin´ Clementine) levou nas duas categorias em que estava concorrendo; odiei que David Fincher saiu de mãos abanando; e me emocionei com o prêmio dado à Heath Ledger (duvido que a Academia faça o mesmo).

Gosto de Danny Boyle – e aposto que ele fez um bom trabalho em Slumdog Millionaire, o grande vencedor da noite -, mas sei lá, a biografia do cara é cheia de altos e baixos (ele cometeu A Praia, por exemplo). Diferente de Fincher, que fez filmaço atrás de filmaço. Mas enfim… 

Os vencedores em indicação, Frost/Nixon e O Curioso Caso de Benjamin Button, não levaram nada. Mas certamente serão lembrados no Oscar. 

Pontos altos da noite: a platéia odiando as piadas de Sacha Baron Cohen (Borat); Darren Aronofsky mostrando o dedo do meio pro freak Mickey Rourke; e Ricky Gervais (The Office) dizendo à Kate Winslet: “Faça um filme de holocausto que os prêmios vêm”.

Os vencedores…

FILMES 

Melhor filme – Drama

Slumdog Millionaire – Fiquei bem mais curioso pra ver o filme agora. Premiações me influenciam. Pronto, falei!


Melhor filme – Comédia ou musical

Vicky Cristina Barcelona – Woody Allen é foda. Basta.


Melhor diretor

Danny Boyle (Slumdog Millionaire) – Ok, ele fez A Praia… mas também Trainspotting e Extermínio. Então, tá valendo.

 

Melhor atriz (drama)

Kate Winslet (Apenas um Sonho) – Grande atriz que finalmente foi reconhecida. E o Leo ficou chupando o dedo.


Melhor ator (drama)

Mickey Rourke (O Lutador) Freak, freak, freak. Estava torcendo por Sean Penn, um ator muito mais completo.

 

Melhor atriz (comédia ou musical)

Sally Hawkins (Simplesmente Feliz) – A desconhecida de tiques nervosos já garantiu salários mais altos.


Melhor ator (comédia ou musical)

Colin Farrell (Na Mira do Chefe) – Grande surpresa da noite, na minha opinião. Um bom ator, sem dúvida.

 

Melhor filme estrangeiro

Waltz with Bashir (Israel) – Filme estrangeiro + Documentário + Guerra = Boring!

Melhor filme de animação

Wall-E – Um dos melhores filme de 2008. Prêmio previsível.

Melhor atriz coadjuvante

Kate Winslet (The Reader) – Mais uma vez. Agora no filme de um dos meus diretores favoritos, Stephen Daldry.

 

Melhor ator coadjuvante

Heath Ledger (O Cavaleiro das Trevas) – Grande momento da noite. Downey Jr. ficou com cara de decepção.


Melhor roteiro

Slumdog Millionaire – Não vi o filme e nem li o roteiro.

 

Melhor trilha sonora

Slumdog Millionaire – Deve ser uma mistura de música indiana com alguma coisa. 

 

Melhor canção

“The Wrestler” (O Lutador) – Bruce Springsteen com a risada mais engraçada da festa. Fuma desgraçado!


TELEVISÃO

Melhor telessérie (drama)

Mad Men – Os publicitários vão dominar o mundo.

 

Melhor telessérie (comédia)

30 Rock – Tina Fey é a mina!

 

Melhor ator em telessérie (drama)

Gabriel Byrne (Em Terapia) – Ator sumido. Fez Os SuspeitosStigmata e outras porcarias nada sagradas. 

 

Melhor atriz em telessérie (drama)

Anna Paquin (True Blood) – A Vampira de X-Men fazendo um série sobre vampiros. There will be blood.

 

Melhor ator em telessérie (comédia)

Alec Baldwin (30 Rock) – Já pode se aposentar.

 

Melhor atriz em telessérie (comédia)

Tina Fey (30 Rock) – Tina Fey é a mina! [2]

 

Melhor minissérie ou telefilme

John Adams – Tem cara de ser bem chata. Mas se tem a Laura Linney então tenho que ver.

 

Melhor ator em minissérie ou telefilme

Paul Giamatti (John Adams) – Bom ator que ganhou destaque nos últimos anos como coadjuvante.

 

Melhor atriz em minissérie ou telefilme

Laura Linney (John Adams) – Aaah, Laura. Vejo o filme que for só por causa dela.

 

Melhor ator coadjuvante em série, minissérie ou telefilme

Tom Wilkinson (John Adams) – Ele fez Entre Quatro Paredes, uma experiência não muito boa em minha vida.

 

Melhor atriz coadjuvante em série, minissérie ou telefilme

Laura Dern (Recount) – Boa atriz. Veja a moça em Céu de Outubro e Império dos Sonhos.