Seth Rogen

DVD: Observe and Report

observe-and-report-dvdLançada diretamente em DVD no Brasil (e com o terrível título O Segurança Fora de Controle, o qual me recuso a repetir), Observe and Report é uma comédia incomum que merece ser assistida.

Dirigida por Jody Hill (do também hilário e inédito por aqui, The Fist Foot Way), o filme tem humor peculiar e ritmo lento. Mas traz Seth Rogen impagável como um segurança de shopping frustrado (e mucho loco) que vê seu sonho de virar policial mais próximo, quando um tarado surge botando o terror na mulherada consumista (aliás, a aparição do vilão acontece com um bem realizado plano-sequência).

Jody Hill é um diretor sem cerimônias e seus dois filmes podem ser vistos como estudos sobre o comportamento de uma parcela masculina americana. São homens cabras-macho, que sofrem – e até choram – ao ver sua amada transando com outro cara, mas exalam testosterona e inspiram cocaína e fumaça de maconha. Eles são incorretos para os olhos da sociedade, mas defendem seus valores com punhos fechados e uma arma de fogo.

“Esse tarado nojento foi a melhor coisa que já me aconteceu”, diz Ronnie Barnhardt (Rogen) deitado no sofá, enquanto sua mãe cai bêbada no chão da sala. Um estranho momento familiar, que dá o tom do humor presente em Observe and Report. Um humor denso e negro, construído por diálogos escatológicos e imprevisíveis (os discursos da mãe, por exemplo, são sensacionais).

observe-and-report-2Aliás, imprevisível é o melhor adjetivo para tentar classificar um filme como Observe and Report. O diretor Jody Hill, com seus cortes secos e trilha metaleira, nos deixa sozinhos junto a personagens transtornados, bipolares, que não pensam antes de agir: como o cínico e explosivo detetive Harrison, encarnado por um surpreendente Ray Liotta; e Dennis (Michael Peña), comparsa de Ronnie e uma das melhores coisas do filme. Ainda assim, a produção tem seus momentos-clichês, como a relação do segurança perdedor com a garota do café e o caráter duvidoso de Brandi (Anna Faris, em uma atuação hilária e digna de reconhecimento).

Observe and Report tem defeitos, não é um feel-good movie e não vai te fazer chorar de rir (bom, talvez). Mas é uma comédia subversiva, repleta de bons personagens e diálogos desconcertantes. Uma experiência  cinematográfica diferente, que você não pode deixar passar em branco. Por bem ou por mal.

Nota: 7,5

Anúncios

DVD: Matadores, fogo na bomba e paixão

in_brugesNa Mira do Chefe (2008). Apesar do título chumbrega em português, o filme é uma das boas surpresas produzidas no ano que passou. Colin Farrell ganhou seu merecido Globo de Ouro pelo papel do assassino em crise de identidade. São dele as melhores falas de um roteiro bastante supimpa. A perseguição final é curta e, apesar de lembrar Os Infiltrados, surpreende. Nota: 8,5

 

pineapple_expressSegurando as Pontas (2008). Seth Rogen é um maconheiro que compra maconha de outro maconheiro (James Franco, excelente) e que vê o chefe dos maconheiros assassinar um japa da máfia maconheira. Vish, fiquei noiado só de escrever essa frase. Então, a comédia é o típico “filme-de-uma-piada-só”, mas diverte, tem boas cenas de ação, não é ilegal e não prejudica os neurônios. Consuma sem medo. Nota: 7,5

 

romanceRomance (2008). Muito curiosa essa produção brasileira. Wagner Moura (sempre bom) e Letícia Sabatella (fraquinha) são atores de teatro em cartaz com uma adaptação do clássico Tristão e Isolda. Ele, artista conservador. Ela, gosta da fama. A partir desse relacionamento o filme se desenvolve, conduzido com competência por Guel Arraes (O Auto Da Compadecida). Lá pro final ele fica meio chatinho, mas no geral é uma boa pedida para casais que adoram um… romance (tchanan). Nota: 7,0

Trailer mother fu****!

Observe and Report,  nova comédia de Seth Rogen (Ligeiramente Grávidos) ganhou seu primeiro trailer.

E o melhor da novidade é que um trailer tarja vermelha, o que prova que o filme vai ter sexo, drogas e palavrão pra car****!

Achei engraçado, mas não me deixou morrendo de vontade de assisti-lo.

Dê uma olhada:

Observe and Report estreia no Brasil em 10 de abril.